monitoramento Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Áudios > ZIKA: Testes da vacina apresentam resultados positivos contra doença
Início do conteúdo da página

ZIKA: Testes da vacina apresentam resultados positivos contra doença

Publicado: Sexta, 06 de Outubro de 2017, 19h00 | Última atualização em Sexta, 06 de Outubro de 2017, 19h00

Baixar áudio

Tempo de áudio: 1’33”

REPÓRTER: Nesta sexta-feira (22), foi divulgado que a vacina contra zika apresentou resultado positivo nos testes em camundongos e macacos. A vacina está em desenvolvimento pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), que é vinculado ao Ministério da Saúde. De acordo com a pesquisa, a aplicação de uma única dose da vacina preveniu a transmissão da doença nos animais e, durante a gestação, evitou também o contágio dos filhotes. Esse é um dos mais avançados estudos para a oferta de uma futura vacina contra a doença para proteger mulheres e crianças da microcefalia e outras alterações neurológicas causadas pelo vírus. Pedro Vasconcelos, que é diretor do Instituto Evandro Chagas, explica os resultados observados durante a pesquisa.

 

SONORA:Pedro Vasconcelos, diretor do Instituto Evandro Chagas.

“A gente viu que os animais vacinados não apresentaram vestígio de vírus, ou seja, não apresentaram viremia no sangue, não teve vestígio de vírus no sangue. Não apresentaram doença, nenhuma manifestação clínica ao passo que os animais infectados por um controle infectado, sem estar vacinado, eles desenvolveram altos títulos de carga viral e manifestaram sintomatologia”.

REPÓRTER: Os testes pré-clínicos da vacina contra a zika foram realizados simultaneamente no Instituto Nacional de Saúde (NIH), na Universidade do Texas e na Universidade Washington, dos Estados Unidos, todos parceiros na pesquisa. A expectativa é de que os testes em humanos devem ser realizados a partir de 2019 na Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Reportagem, Janary Damacena.

Fim do conteúdo da página