monitoramento Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Áudios > BAHIA: Estado recolheu mais de 1.300 pneus em mobilização contra o mosquito Aedes aegypti
Início do conteúdo da página

BAHIA: Estado recolheu mais de 1.300 pneus em mobilização contra o mosquito Aedes aegypti

Publicado: Quinta, 06 de Outubro de 2016, 16h53 | Última atualização em Quinta, 06 de Outubro de 2016, 18h34

Links relacionados:

Baixar áudio

Tempo áudio: 1'49"

REPÓRTER: Mais de mil e trezentos pneus estocados no Almoxarifado Central do Estado da Bahia foram recolhidos e encaminhados pela Reciclanip para empresas de trituração. A ação fez parte de um movimento nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti. Um dos objetivos é conscientizar a população para o descarte correto dos objetos, além de diminuir a proliferação de criadouros do mosquito transmissor da dengue, Zika e chikungunya. Na Bahia, a ação foi promovida pela Sala Estadual de Coordenação e Controle e, de acordo com Marta Santana, que é sanitarista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do Estado, essa mobilização é realizada regularmente.

SONORA: Marta Santana, sanitarista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da Bahia.

“A secretaria possui um galpão em que os órgãos públicos estaduais coletam esses pneus e enviam para esse galpão. E quando existe uma quantidade aproximada de pneus acionam a Reciclanip e ela vem coletar. Como a Secretaria de Administração de Estado da Bahia, ela também é membro da Sala Estadual de Coordenação e Controle, na semana passada eles acionaram a Reciclanip e foram coletados mais ou menos mil e trezentos pneus oriundos de diversos órgãos públicos do estado”.

REPÓRTER: Essa mobilização do Governo Federal é realizada por meio da Sala Nacional de Coordenação e Controle e do Ministério do Meio Ambiente, além de ter apoio da Reciclanip, uma entidade voltada para a coleta e destinação de pneus no Brasil. Uma das propostas é incentivar a mudança de hábitos da população em relação ao inadequado acúmulo e encaminhamento de pneus e embalagens descartáveis, motivando os cidadãos para que atuem como agentes transformadores do ambiente onde vivem.

Reportagem, Janary Damacena.

Fim do conteúdo da página