monitoramento Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Áudios > SERGIPE: Estado já recolheu mais de 40 mil pneus em mobilização contra o mosquito Aedes aegypti
Início do conteúdo da página

SERGIPE: Estado já recolheu mais de 40 mil pneus em mobilização contra o mosquito Aedes aegypti

Publicado: Quinta, 06 de Outubro de 2016, 16h48 | Última atualização em Quinta, 06 de Outubro de 2016, 16h49

Baixar áudio

Tempo áudio: 1’49’’

 

REPÓRTER: O estado de Sergipe está mobilizado para coletar pneus, em uma ação de combate ao mosquito Aedes aegypti. Um dos objetivos é conscientizar a população para o descarte correto dos objetos, além de diminuir a proliferação de criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. A mobilização vai ocorrer em várias partes do país e pretende chamar atenção ao fato de que, mesmo durante o inverno, quando é menor a incidência do mosquito, também é fundamental continuar com a eliminação de potenciais criadouros. A coordenadora da Sala Estadual de Situação de Sergipe, Thereza Cristina Moraes, fala da importância dessa ação, que só na capital já coletou mais de 40 mil pneus.

 

SONORA: coordenadora da Sala Estadual de Situação de Sergipe, Thereza Cristina Moraes.

“O município de Aracajú já trabalha rotineiramente junto com a Reciclanip recolhendo os pneus. Então nesse período, nessa semana, eles vão intensificar o recolhimento, vão colocar no ecoponto e vai ser recolhido pela Reciclanip. Em 2016, o município de Aracaju recolheu 40.723 pneus, e essa ação é muito importante nesse momento para o combate ao mosquito Aedes aegypti porque pneus, borracharias são pontos estratégicos, locais de criadouro preferenciais do mosquito”.

 

REPÓRTER: Essa mobilização do Governo Federal é realizada por meio da Sala Nacional de Coordenação e Controle e do Ministério do Meio Ambiente, além de ter apoio da Reciclanip, uma entidade voltada para a coleta e destinação de pneus no Brasil. Uma das propostas é incentivar a mudança de hábitos da população em relação ao inadequado acúmulo e descarte de pneus e embalagens descartáveis, motivando os cidadãos para que atuem como agentes transformadores do ambiente onde vivem.

Reportagem, Janary Damacena.

Fim do conteúdo da página